Santa Apolônia


Durante a perseguição ao cristianismo, o governador de Alexandria ordenou que os cristãos fossem capturados.

Apolônia, jovem e bela, foi uma das pessoas que lutou pela causa cristã, foi torturada ao se negar a falar impropérios contra cristo com golpes na face deixando-a sangrando e quebrando todos os dentes que caíram em pedaços.
Mesmo assim, não obedeceu aos seus torturadores que fizeram uma enorme fogueira na porta da cidade. Se caso ela não fizesse o que foi pedido, seria queimada na fogueira.

Exausta, Apolônia pediu que desatasse por um momento suas mãos e quando menos se esperava ela saltou e se jogou na fogueira por livre e espontânea vontade.

Assim ela passou a ser considerada padroeira da Odontologia.

Sua morte se deu no ano de 249 d.c. sendo canonizada apenas 50 anos depois.

O dia de sua veneração é 9 de fevereiro.



  Voltar

 

CMF -  Avenida Ibirapuera, 3.493 - Moema - Tel. 5041-0820 / 5041-6851 -  Todos os direitos reservados. © Copyright 2004