Pacientes portadores de necessidades especiais


Todo indivíduo que apresenta desvios dos padrões de normalidade, identificáveis ou não, e que por isso, necessitam de atenção e abordagem especiais por um período de sua vida ou indefinidamente é chamado de paciente portador de necessidades especiais.

Estamos falando desde estados fisiológicos especiais como a gestante e o idoso até pacientes com doenças crônicas ou congênitas.

A integração multidisciplinar é extremamente importante para o atendimento de qualquer paciente portador de necessidades especiais.Por exemplo, durante o atendimento odontológico à gestante, os cuidados vão desde a posição na cadeira até tipo de medicação usada.

Quando voltamos nossa atenção para os idosos, os cuidados também são específicos. Tanto em relação à posição de atendimento, passando pelo estado de saúde que pode estar debilitado e a atenção às medicações tomadas pelo paciente.

Para os pacientes portadores de doenças crônicas ou congênitas, os cuidados são ainda maiores! A integração entre as áreas afins são imprescindíveis. O relacionamento entre médico, dentista, fonoaudiólogo, psicólogo deve ser com o objetivo de chegar ao bem estar e elevar as condições de saúde para o paciente.

Em relação às síndromes e aos defeitos congênitos, cada um tem suas características e devem ser tratadas de maneira única para cada paciente, cada um na sua complexidade respeitando e estimulando sua capacidade.

A ambientação, tranquilidade e o conforto do paciente frente ao atendimento odontológico, visando sempre manter saúde, são os fatores que vão fazer diferença no tratamento.

  Voltar
 
CMF -  Avenida Ibirapuera, 3.493 - Moema - Tel. 5041-0820 / 5041-6851 -  Todos os direitos reservados. © Copyright 2004