ENXOVAL ODONTOLÓGICO

Quando a mamãe vai preparar o enxoval do bebê, não pode se esquecer do que chamamos de ‘enxoval odontológico’. E o que seria, na prática, um enxoval odontológico? Pode parecer simples, mas é preciso preparar tudo com muito cuidado, com muita atenção e com muita antecedência, pois tudo o que diz respeito ao desenvolvimento da face do bebê exige também muito carinho e muita preparação. Vamos a algumas sugestões:

Higiene Bucal

Fralda ou gaze

Vamos começar pelas fraldas: este item não tem segredo, fazem parte do enxoval habitual do bebê.

Chupeta
Assim como diferem os bicos de mamadeiras, temos também diferentes tamanhos para a chupeta, variando, ainda, o material de que é feita, sendo que ela pode ser encontrada em látex ou em silicone, sendo todos os dois materiais adequadas dependendo da preferência do bebê.
Para o recém nascido observe o tamanho apropriado bem como o uso correto e racional da chupeta.

Mordedor
Muita atenção para com os mordedores. Os melhores são aqueles que se apresentam em forma plana ou chata. O modelo mais eficiente é o tradicional, em forma de argola, plano, de látex, e que ainda portam, sobre sua superfície, umas bolinhas, que têm a missão de massagear a gengiva. Aqueles que têm formato arredondado, tipo cacho de uva ou de colher podem ser prejudiciais, pois a boca cresce, se adaptando ao mordedor podendo, indesejavelmente reproduzir sua forma.

Cuidado com mordedores de procedência duvidosa, com cores fortes e com mordedores recheados com líquido quando o bebê já tiver dentes.

Com esses cuidados, a segurança será preservada. Enfim, tudo pronto! Agora é só aguardar o seu reizinho ou princesinha !


Mamadeira

Mamadeira

O vidro da mamadeira pode ser decorado ou não, beleza e estética importam menos, a nossa preocupação maior prende-se ao bico que vamos colocar nela! Existem bicos de tamanhos diferentes, de acordo com a idade da criança que vai se servir dela e também existem furos diferentes no bico, cada qual apropriado para determinada densidade do líquido. Para ficar fácil de visualizar, o ideal é quando virar a mamadeira de cabeça para baixo e observar que o fluxo do líquido deve ser de uma gota por segundo.




Bico da mamadeira
Existem no mercado vários modelos de bicos, devemos escolhê-lo de acordo com o seu formato, tamanho e tipo de furo apresentado. Para tanto, deve-se separar um bico para cada tipo de líquido a ser colocado. Por exemplo, o leite é mais viscoso do que a água, portanto o furo do bico da mamadeira para o leite deve ser um pouco maior!

Dentre os formatos, o bico ideal é o anatômico conhecido também como ortodôntico, pois causa menor dano aos rebordos gengivais do bebê. Quanto ao tamanho, a opção deve ser feita entre três dimensões: 1, 2 e 3, que correspondem respectivamente a:

tamanho 1 é para crianças de 0 a 6 meses
o tamanho 2 destinado a crianças de 7 meses a 1 ano
e o 3 apropriado para crianças de 1 ano a 1 ano e meio

Depois dessa idade, não se incentiva mais o uso da mamadeira. Aliás, desde os oito meses, já se aconselha a mamãe a incentivar o uso de copo ou caneca de transição.

Ainda há de se pensar no material do bico, que pode ser de látex ou de silicone, todos os dois materiais adequados, dependendo da preferência do bebê.

Vale dizer, temos muita oferta para comprar nosso enxoval e é exatamente isso que causa dúvida ao escolhermos um ou outro modelo. Os pais acabam se levando pelos vidros e desenhos mais bonitos e acabam também se esquecendo de escolher o mais adequado para a “forma da boca“ do bebê!

  Voltar


CMF -  Avenida Ibirapuera, 3.493 - Moema - Tel. 5041-0820 / 5041-6851 -  Todos os direitos reservados. © Copyright 2004